23 de junho de 2023 | Nº 263
 

PARA LER NOSSO TEMPO

Desde Freud, o alcance da Psicanálise não se limita ao consultório. Ela é, desde então, "uma chave de leitura decisiva e imprescindível para a compreensão da cultura, dos laços sociais e da sociedade", como definiu o programa do evento "Diálogos da FUNDASP" sobre a obra e o trabalho de Jorge Forbes.

Não estamos mais na sociedade em que Freud viveu. O laço social se horizontalizou. A quebra das verticalidades não apaziguou o mal-estar, pelo contrário, trouxe novos sintomas que exigem novas leituras, escancarando que há o Real. Nesse novo mundo, nessa TerraDois, a Psicanálise é ainda mais necessária. Como conclui a Bula de São Bento: "À Psicanálise cabe um papel fundamental: possibilitar ao ser humano lidar com o intangível."

 
Nesta edição:

Jorge Forbes no Tucarena

O percurso e obra de Jorge Forbes foram tema da edição de junho do "Diálogos da FUNDASP", evento mensal organizado pela PUC-SP, que contou também com a presença de Bete Coelho (atriz), Eduardo Tolentino (diretor de teatro), Leda Tenório da Motta (literatura), Liége Lise (psicanálise), Talyta Carvalho (filosofia) e a mediação de Tatiana Vasconcellos (jornalista). Assista no YouTube.

Tempo de leitura 60 min
 

Os Sintomas Pós-Pandemia

Em dezembro de 2022, alunos, professores, psicanalistas e pesquisadores do IPLA se reuniram em São Bento do Sapucaí para a Conversação Clínica do IPLA, produzindo a "Bula de São Bento: uma proposta do Instituto da Psicanálise Lacaniana para o tratamento de sintomas pós-pandemia". Neste episódio do nosso podcast, Helainy Andrade conversa com a psicanalista Dorothee Rüdiger sobre a idealização desse projeto e sobre o primeiro dos quatro temas abordados pela bula: o Amor. Escute no Spotify .

Tempo de leitura 45 min
Psicanálise: novas conferências sobre a Clínica do Real
© 2012-2023 IPLA. CC alguns direitos reservados.