Curso Fundamental: de Freud a Lacan (2022) 21/02/2022

Apresentação

De sua convicção de que os sintomas da histérica não tinham uma origem em lesão orgânica, Freud conseguiu elaborar uma representação da psique humana e um modo de intervenção pela palavra para atuar sobre o sintoma: a interpretação. Mostrou onde e como se manifesta o inconsciente (nos sonhos, na vida cotidiana, nos tropeços). Desmontou os mecanismos que, descolando os afetos das representações, permitem aos sintomas se manifestarem em substituição às representações recalcadas. A partir de 1923, introduziu uma representação psíquica com três instâncias (Ego, Id e Superego) para dar conta da insistência do sintoma. Percebendo a satisfação que se encontra em uma repetição, Freud reconfigurou os limites e os fins da análise, incluindo o impossível.

Jacques Lacan tomou para si a tarefa de encontrar respostas clínicas para as diversas expressões desse impossível. Relendo seu percurso, nele distinguimos duas clínicas, com fundamentos, formalizações, manejos e orientações diferentes, que estabelecem, entre si, relações complexas. A primeira, dos vinte anos iniciais de seu ensino, corresponde a seu “retorno a Freud”. Nela, as estruturas clínicas (neurose, psicose e perversão) se ordenam em torno do pai. A segunda clínica, elaborada nos últimos dez anos do ensino de Lacan, responde às mudanças da globalização. Considerando a impossibilidade de decifrar os novos sintomas, toma a experiência do encontro com o Real como paradigma.

O Curso Fundamental de Freud a Lacan reconstrói os principais pontos desse percurso, sempre dando-lhe aplicabilidade clínica.

Organização:

O curso será realizado em dois semestres: um dedicado a Freud, outro a Jacques Lacan. Para estruturá-lo, recorremos a divisões significativas nas duas elaborações. Em Freud, privilegiamos a diferenciação entre suas duas tópicas. Em Lacan, a construção de suas duas clínicas: a primeira, do simbólico,  a segunda, do Real, que acompanhamos também através das elaborações de Jorge Forbes.

O Curso acontecerá em modalidade mista,  presencial / virtual . As aulas são expositivas, seguidas de discussão.

A cada fim de semestre será solicitada a produção de um trabalho – ou individual ou em grupo – que permita acompanhar a apropriação dos  conceitos.

Cada bimestre inicia com Aula Inaugural de Jorge Forbes.

Programa

1º semestre: SIGMUND FREUD

FREUD: A PRIMEIRA TÓPICA

121/02Aula inaugural de Jorge Forbes
207/03Inconsciente – Pré-consciente – Consciente – da catarse à psicanálise
314/03A etiologia das neuroses
421/03O sonho e sua interpretação: a via real do inconsciente
528/03O trabalho do sonho
604/04O chiste e suas relações com o inconsciente
711/04A técnica analítica: a transferência aliada e obstáculo
818/04Os três ensaios sobre a teoria da sexualidade
925/04O Édipo

Bibliografia para aula:

Para os textos de  Freud,  damos as referências de duas editoras das obras completas de Sigmund Freud:
Edição Standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud, Rio de Janeiro: Imago Editora (em razão das variações entre edições, não mencionamos as páginas),
e Sigmund Freud, Obras completas. São Paulo: Companhia das Letras.

Aula 2: Inconsciente –  Pré-consciente  – Consciente da catarse à psicanálise
Imago, Vol. XX   “Um estudo autobiográfico” (1925) Partes I, II e III
Companhia das Letras,  Vol XVI  “Autobiografia”  , I. II, III, p. 75 a 120

Aula 3 : A etiologia das neuroses
Imago, Vol. III, A etiologia da histeria, parte I e II, p. 217 a 240

Aula 4: O sonho e sua interpretação: a via real do inconsciente
Imago A interpretação de sonhos (1900) Vol. IV “A Injeção feita a Irma” p. 113 a 130
Cap. II  O método de interpretar sonhos, uma análise de um sonho modelo

Companhia das Letras Vol. IV Injeção de Irma p. 137 a 154
Cap. II O Método de interpretação dos sonhos. Análise de uma amostra de sonho

Aula 5: O trabalho do sonho
Imago. Vol. IV: A elaboração dos sonhos p. 295 a 303
Companhia das Letras, Vol 4: O trabalho dos sonhos p. 318 a 325

Imago: Vol. XV, Conferência XI: A elaboração onírica
Companhia das Letras:  Vol. 13, Conferências introdutórias à Psicanálise. Conferência 11 : “O trabalho do sonho”, p.229 a 247

Aula 6:  O Chiste e suas relações com o inconsciente
Imago. Vol VIII : O Chiste e suas relações com o inconsciente
II -A técnica dos chistes – P29 a 61 – Pontos 1 a 4
V – Os motivos dos chistes: os chistes como processo social – p. 163 a 182
VI – Parte teórica – A relação dos chistes com os sonos e o inconsciente – p. 183 a 205

Aula 7: A técnica analítica: a transferência aliada e obstáculo
Imago, Vol XVI, Conferências introdutórias sobre psicanálise (1917)
Conferência XXVII “Transferência”.
Companhia das Letras , Vol. 13: Conferência 27 “A transferência”

Aula 8: Os três ensaios sobre a teoria da sexualidade
Três ensaios sobre a teoria da sexualidade (1905) Vol. VII
Cap. I “ As aberrações sexuais”

Aula 9 : O Édipo
Imago, Vol XVI, Conferências introdutórias sobre psicanálise (1917) Conferência XXI

Companhia das Letras, Vol 13, p. 424 a 450 – Conferências introdutórias à psicanálise (1917) – Conferência 21 O desenvolvimento da libido e as organizações sexuais

FREUD: A SEGUNDA TÓPICA

102/05Para além do princípio do prazer, algo insiste: a repetição
209/05Aula inaugural de Jorge Forbes
316/05A dinâmica das pulsões – Metapsicologia
423/05Ego, Id e Superego
530/05A sexualidade define a condição humana
606/06As especificidades da formação do analista 
713/06O pai e a lei
820/06Os fins da análi­­­­se: análise terminável e interminável
927/06Apresentação de trabalhos

Bibliografia:

Aula 1: Para além do princípio do prazer, algo insiste: a repetição
Imago, Vol. XVIII , Além do princípio do prazer (1920) Cap. I, II e III

Companhia das Letras, Vol. 14, Além do princípio do prazer (1920)
Cap. I, II e III. p.161 a 184

Aula 3 : A dinâmica das pulsões – Metapsicologia
Imago, Vol. XIV,  As pulsões e suas vicissitudes (1915)

Companhia das Letras, Vol. 12, Os instintos e  seus destinos [1915] p.51 a 81

Aula 4 : Ego,  Id e Superego
Imago, Vol. XIX, O ego e o id (1923).
Cap III  “ o Ego e o Superego (ideal do ego)”

Companhia das Letras, Vol. 16,  O Eu e o Id
Cap III “O Eu e o Super-Eu (Ideal do Eu), p. 34 a 49

Aula 5: A sexualidade define a condição humana
Imago, Vol. XIX,  Algumas consequências psíquicas da distinção anatômica entre os sexos (1925)

Companhia das Letras, Vol. 16, Algumas consequências psíquicas da diferença anatômica entre os sexos (1925), p. 283 a 299

Aula 6: As especificidades da formação do analista
Imago, Vol. XX: “A questão da análise leiga: conversação com  uma pessoa imparcial (1926)”

Companhia das Letras, Vol 17,  “A questão da análise leiga”. p.124-218

Aula 7 : O pai e a lei
O Mal-estar na civilização (1930 [1929]) Vol. XXI
Cap. VII

Aula 8 : Os fins da análise: análise terminável e interminável
“Análise terminável e interminável”(1937).  Vol. XXIII
Cap V, VI , VII e VIII 

2º semestre: JACQUES LACAN

LACAN: A PRIMEIRA CLÍNICA

101/08Aula inaugural de Jorge Forbes
208/08Jacques Lacan: uma releitura de Freud a partir de três registros RSI
315/08O inconsciente é estruturado como uma linguagem
422/08Do Édipo freudiano ao Édipo lacaniano
529/08Uma clínica do sujeito e do desejo
605/09A causa do desejo: objeto a
712/09O percurso de uma análise na Primeira Clínica
819/09Clínica da interpretação: a verdade é da ordem da ficção
926/09Piscanálise e laço social

Bibliografia:

Aula 2: Jacques Lacan: uma releitura de Freud a partir de três registros RSI
LACAN, J. A instância da letra no inconsciente ou a razão desde Freud. In: Escritos. p.498-506

Aula 3 : O inconsciente é estruturado como uma linguagem
LACAN, J. (1957-1958) O Bezerro de Ouro. In: O Seminário. Livro 5. As Formações do Inconsciente.

Aula 4:  Do Édipo freudiano ao Édipo lacaniano
LACAN, J. (1957-1958) Os três tempos do Édipo I e Os três tempos do Édipo II. In: O Seminário. Livro 5. As Formações do Inconsciente

Aula 5: Uma clínica do sujeito e do desejo
LACAN, J. A direção do tratamento e os princípios de seu poder – [1958]
Itens 14 a 18, p. 640 a 649
In Escritos, Jacques Lacan; tradução: Vera Ribeiro – Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 1998. [original : Écrits, Editions du Seuil, 1966]

Aula 6 : A causa do desejo: objeto a
LACAN, J. (1957-1958) A causa do desejo. In: O Seminário. Livro 10. A Angústia.

Aula7: O percurso de uma análise na Primeira Clínica
FORBES, J. (2012) , A psicopatologia e o final de análise, Cap. 3, in  Inconsciente e responsabilidade,  p. 49 a 66

Aula 8: Clínica da interpretação: a verdade é da ordem da ficção
FORBES, J. (1989) Fixões in http://www.projetoanalise.com.br/index.php?id=161

Aula 9 : Piscanálise e laço social
Forbes, J. Inconsciente e Responsabilidade, psicanálise do século XXI, São Paulo, Manole 2012. p. XX a XXVII

LACAN: A SEGUNDA CLÍNICA

103/10Aula inaugural de Jorge Forbes
210/10Do sujeito como efeito de significante ao corpo como suporte de gozo
317/10Lalangue ou como a palavra toca o corpo: para um significante novo
424/10Os novos sintomas no curto-circuito da palavra
531/10Clínica do real: consequência e responsabilidade pelo acaso
607/11O sinthoma
721/11Preparação dos trabalhos da conversação
828/11Aula de encerramento de Jorge Forbes
02 a 04/12Conversação Clínica 2022

Bibliografia:

Aula 2: Do sujeito como efeito de significante ao corpo como suporte de gozo.
LACAN, J. Seminário Livro 20 (1973-1974),  Mais Ainda, Cap.I “Do gozo”

Aula 3 : Lalangue ou como a palavra toca o corpo: para um significante novo
FORBES J. Felicidade não é bem que se mereça – versão completa
http://jorgeforbes.com.br/br/artigos/felicidade-nao-e-bem-que-se-mereca-versao-completa.html

Aula 4: Os novos sintomas no curto-circuito da palavra
FORBES, J. Curtos-circuitos do gozo
http://www.jorgeforbes.com.br/br/artigos/curtos-circuitos-gozo.html

Aula 5:  Clínica do real: consequência e responsabilidade pelo acaso
FORBES J. (ed.) Psicanálise – a clínica do real , São Paulo, Manole 2014 “ A análise seus fins, até onde vai uma análise hoje?
FORBES, J. Inconsciente e Responsabilidade, psicanálise do século XXI, São Paulo, Manole 2012. p. I a XXXIX

Aula 6 : O sinthoma
FORBES, J. Inconsciente e Responsabilidade, psicanálise do século XXI, São Paulo, Manole 2012. p. I a XXXIX, e p. 154 a 167 “Desabonado do inconsciente” e “Conclusão”